Menu

Ginástica Natural também é usada como fisioterapia

maio 13, 2013 - Atividades, Bem estar, Saúde
Ginástica Natural também é usada como fisioterapia
Rate this post
Treinamento funcional usado por atletas de MMA combina qualidade de vida e condicionamento físico.

Treinamento funcional usado por atletas de MMA combina qualidade de vida e condicionamento físico.

A prática de exercícios funcionais tem atraído adeptos em todo o mundo, tanto profissionais quanto amadores. Afinal, sem o uso de equipamentos, tendo de lidar com o peso e a força do próprio corpo, o atleta se sente desafiado a superar seus limites e a fortalecer corpo e mente. Um dos métodos mais populares em todo o mundo e que costuma usar movimentos orgânicos que lembram aqueles feitos pelos animais, a ginástica natural proporciona condicionamento físico, qualidade de vida e saúde, por usar a constante movimentação para desenvolver força, potência, resistência, mobilidade, equilíbrio, flexibilidade, coordenação, perda de peso, tônus muscular, qualidade de vida, entre outros benefícios físicos.

O princípio da ginástica natural

Desenvolvida na década de 1980 pelo profissional de Educação Física Alvaro Romano, a ginástica natural usa ainda técnicas de respiração, proporcionando assim maior concentração e controles motor e mental, sendo praticado por quem deseja a integração de corpo e mente. Além disso, o método de Romano conquistou adeptos em diversos países e é aplicada além do universo fitness.

“Cresci no Rio de Janeiro (RJ), praticando surfe, futebol de areia e, depois, jiu-jitsu. Nadava em mar aberto e todas as minhas atividades eram ao ar livre. Quando entrei na universidade, em 1977, para cursar Educação Física, passei a trabalhar com os atletas em espaços abertos, com exercícios que usam o peso do próprio corpo. Pratiquei yoga, kempo e desenvolvi a ginástica natural como conceito, com toda a minha vivência prática para, depois, criar a técnica metodológica”, conta Romano, que praticou o treinamento por conta própria, aperfeiçoando os movimentos até encontrar aqueles que hoje são transmitidos aos alunos.

Por proporcionar qualidade de vida e melhorias na saúde, a ginástica natural se tornou “um componente do meu método de treinamento, porque ao longo dos anos desenvolvi trabalhos para atletas e esse processo traz benefícios em diversas áreas quando aplicado no movimento humano, desde aprimoramento da performance por meio de suas técnicas, quanto a concentração por meio da respiração correta”, explica Romano, que atualmente vive nos Estados Unidos.

Divulgação

Divulgação

A ginástica natural e seus movimentos orgânicos

A ginástica natural não encontra restrição de sexo e idade. Dessa forma, pode ser prescrita tanto para o público infantil, quanto para a terceira idade, sempre adequando os movimentos às necessidades de cada público. O uso de movimentos lúdicos, que imitam aqueles feitos por animais como canguru, sapo, tigre, golfinho etc, só são usados nos programas com crianças, segundo Romano, que explica: “não copiamos os movimentos. Montamos jogos e muitos exercícios. Uso o nome de animais apenas para ilustrar”.

Atletas de alto nível de modalidades variadas, como MMA e surfe, também costumam usar as técnicas da ginástica natural no aquecimento e nos dias de competições. “Aqui nos Estados Unidos também treino agentes do FBI e da Swatt”, conta Romano, que também é autor do livro “Ginástica Natural”, mostrando como a atividade pode ser usada por públicos diversificados, já que propicia controle e força de corpo e mente.

Ginástica natural ajuda em casos de lesões ou pós-operatórios

Por trabalhar força e flexibilidade, a ginástica natural tem mostrado muito sucesso no Brasil e no exterior ao ser usada em conjunto com a fisioterapia para ajudar na recuperação dos movimentos. Mas o profissional de Educação Física deve também ficar atento: no caso de lesões ou pós-operatório, o criador da técnica alerta que casos especiais devem ser analisados sempre em conjunto com os médicos, mas “para qualquer atividade física, a pessoa precisa estar saudável para praticá-la”.

Gestantes, idosos, obesos e portadores de problemas posturais podem praticar a ginástica natural, mas “precisam de trabalhos diferenciados, como em qualquer atividade física”.

Divulgação

Divulgação

Como aplicar a ginástica natural no dia a dia

Assim como qualquer outro treinamento, o uso do método pode ser periodizado e não há restrição quanto ao local de prática: praia, praça, parque e também ambientes fechados, como condomínios, estúdios e academias podem ser usados para a ginástica natural.

“Introduzi a ginástica natural em vários países. É um método brasileiro que está nas principais convenções e eventos de fitness e lutas, por ter qualidade de vida e saúde”, destaca Alvaro Romano. Para os profissionais de Educação Física interessados em sua prática, fica o aviso: há cursos de certificações para ministrar as aulas, realizados com a equipe de Romano.

Fonte: Educação Física

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.